Os selos ambientais são certificações que garantem que determinado produto foi produzido de maneira sustentável e em conformidade com o meio ambiente. Com eles, os consumidores ficam cientes de quais produtos e serviços buscaram minimizar seus impactos ambientais e buscam maior responsabilidade socioambiental.

Os selos podem ser descritos como uma ferramenta de comunicação entre produtores, vendedores e consumidores. Por meio deles, todos ficam cientes dos critérios de produção. Além disto, a presença de um selo aumenta a confiança dos consumidores que se preocupam com a sustentabilidade.

Já vimos que, para não cair na prática do greenwashing é necessário se manter informado. Trouxemos agora uma lista dos selos mais comuns no Brasil para você ter conhecimento, se liga só

Rótulo Ecológico da ABNT

O rótulo foi desenvolvido de acordo com as normas ABNT NBR ISO 14020 e ABNT NBR ISO 14024./Fonte: Google

Lançado em 2008, ele leva em consideração o ciclo de vida do produto: sua extração, fabricação, distribuição, utilização e descarte. Esse selo garante que o produto é ambientalmente correto e de qualidade. Ele se aplica a qualquer setor industrial.

Selo FSC

No Brasil, o selo é nomeado como Conselho Brasileiro de Manejo Florestal./Fonte: Google

Presente em mais de 75 países, o Forest Stewardship Council (FSC) certifica a madeira que foi produzida de maneira sustentável desde sua extração até sua venda, garantindo que toda sua cadeia produtiva foi feita de maneira sustentável.

Há ainda, uma variação do selo para a forma como a matéria-prima foi produzida:

Selo 100%

Significa que 100% da matéria-prima utilizada na produção do produto final é certificada e proveniente de florestas bem-geridas.

Selo Reciclado

Significa que o produto foi feito a partir de matéria-prima reciclada, com 100% de garantia de sua origem de uma floresta certificada.

Selo Misto

Garante que pelo menos 70% da matéria-prima é proveniente de florestas certificadas pela FSC e os 30% restantes são de origem controlada de madeira.

Selo de produto

Significa que a madeira que faz parte do produto é proveniente de florestas certificadas pelo FSC.

Selo 100% Comunitário

Este é o selo social do FSC e significa que toda a matéria-prima vem de pequenos produtores ou comunidades.

Selo IBD

O selo atende à três normas, ao pedir a certificação o produtor especifica à qual ele melhor se adequa./Fonte: Google

O Selo IBD tem credibilidade internacional e certifica produtos orgânicos e biodinâmicos. Inclui os setores agrícolas, de pecuária, de piscicultura, produção de insumos e de silvicultura. Se o produto possui o selo, é garantida sua produção orgânica.

Produto Orgânico Brasil

Além das normas brasileiras, o selo atende também as certificações para o Mercado Comum Europeu e o Mercado Norte Americano

É um selo específico do IBD para a agricultura. Para obter o selo, o agricultor deve seguir uma serie de pré-requisitos em sua forma de produção para garantir que o produto não possua nenhuma intervenção química como o uso de agrotóxicos e fertilizantes artificiais.

Procel

O selo existe desde 1993, quando foi criado pelo Ministério de Minas e Energia

Criado para proteger o uso consciente de energia, é a sigla para Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica. Ele busca garantir o uso eficiente de energia, diminuir os impactos ambientais de sua geração e evitar a sua falta. Está principalmente em eletrodomésticos como geladeiras, ventiladores, ar-condicionado e televisões. Os produtos que possuem o selo são mais eficientes e consomem menos energia.

CONPET

É utilizado em aquecedores, fornos e fogões a gás e veículos leves e estimula a produção mais eficiente. O selo classifica os produtos de acordo com sua eficiência, sendo “A” o mais consciente e “E” o menos.

LEED

O LEED significa Liderança em energia e designe ambiental e é uma certificação internacional, mas de grande importância no Brasil, voltada para a área de edificações. A certificação de construções sustentáveis é baseada no equilíbrio entre meio ambiente, economia e responsabilidade social. Para a obtenção do selo, há avaliação de diversos critérios como localização e transporte, terreno sustentável, eficiência hídrica, recursos e energia.

Cerflor

De responsabilidade do Inmetro, ele também garante a responsabilidade ambiental em produtos de madeira e papel. Atesta a qualidade e o manejo correto de todas as fases produtivas.

Certified Humane Brasil

Está presente em produtos de origem animal como ovos, carnes e leites e garante que os animais não sofreram maus tratos e não viveram em condições precárias até seu abatimento.

A utilização dos selos ambientais auxilia o consumidor a optar por produtos de empresas responsáveis e que se preocupam com o meio ambiente. Optar por produtos com esses selos é uma forma de ter ações sustentáveis, garantindo e incentivando a produção consciente. De acordo com a Revista Meio Ambiente, uma pesquisa feita pelo Market Analysis mostrou que 8 em cada 10 brasileiros sabem identificar algum tipo de selo ambiental.

Isso já demonstra a preocupação crescente na busca por atitudes responsáveis por parte dos consumidores. E você, já conhecia os selos? Tem mais algum que ache importante citar? Conte para nós nos comentários!


Com informações de:

VARELA, Danilson Mascarenhas et al. Estratégias de Greenwashing em Fortaleza-Ce, Brasil: Uma Análise de Rotulagens Ecológica. Revista Espacios, v. 38, n. 39, p. 1-18, 2017. Disponível aqui.

Desvende os selos

Classificação de selos ambientais

Ibd